AESO - Faculdades Integradas Barros Melo

Fotos: Thayse Medeiros.

#repercuteAESO : AESO-Barros Melo promoveu 1ª edição da Jornada Interdisciplinar de Direitos Humanos


Jornalismo
novembro. 29, 2019

A proposta foi despertar no público a empatia: ato de se colocar no lugar do outro

Por Joily de Souza*

Diante da necessidade de debater sobre a formação humana e a importância da garantia dos direitos às minorias,  as Faculdades Integradas Barros Melo (AESO) realizaram, em novembro, a 1ª edição da Jornada Interdisciplinar de Direitos Humanos. As temáticas selecionadas para os encontros, que aconteceram na Videoteca da instituição, envolveram assuntos que fogem às atividades de classe, mas, que, contribuem, efetivamente, para a formação de profissionais cientes das lutas existentes na sociedade.

Segundo o professor Arthur Magalhães, um dos participantes, o evento foi idealizado para alcançar um único objetivo: a empatia do alunado, o ato de se colocar no lugar da outra pessoa,  “um debate acerca das variadas faces de direitos difusos. Discutimos questões da mais alta urgência no Brasil, como, por exemplo, movimentos voltados para proteger segmentos de maior vulnerabilidade,” ressaltou.

Nas apresentações, o lugar de fala foi um elemento central, possibilitando que as pessoas que vivenciam as lutas pelos direitos tivessem oportunidade de expor os pontos de vista. No primeiro dia da programação, a banda Inclusiva do Colégio Santa Helena, formada por pré-adolescentes portadores da síndrome de Down, fez uma apresentação no pátio da faculdade. Em seguida, foram realizados os debates sobre “ A inclusão da pessoa com deficiência”  e “Os desafios diários da pessoa com deficiência”. À tarde, os assuntos “Novos desafios jurídicos em face da longevidade” e “Garantias, direitos, previdência e sucessão societária” também foram analisados.

Durante a programação também foi colocado em discussão o tema: “Garantias constitucionais para os povos indígenas”.  O dia da consciência negra, 20/11, foi marcado com o encontro sobre “Movimento negro e comunidade quilombola”,“Não discriminação e geração de renda” e “Criminalidade e encarceramento da população negra”. Na quinta-feira 21/11, os assuntos sobre “Comunidade LGBT: não discriminação e geração de renda” e “Comunidade LGBT: trabalho e Família” estiveram em debate.  “Questões jurídicas atuais: residência, garantias e participação societária” e “Feminicídio, direito à mudança de sexo e cidadania” foram temas do último encontro, realizado em 22/11.

Para o aluno do 6º período de Direito, Filipe Silva, é de grande relevância a iniciativa das Faculdades Integradas Barros Melo (AESO), em conscientizar os estudantes e a comunidade acadêmica. “ Compreendo que o tratamento deve ser de forma igualitária  para chegarmos a uma sociedade em que os direitos são garantidos a todos. É preciso conscientizar a população com esse tipo de campanha, debate, palestras como aconteceu na Jornada Interdisciplinar de Direitos Humanos.” ressaltou .

*Texto colaborativo do Laboratório de Jornalismo.

repercurteaeso - colaboração -

voltar